NÚCLEO BENFIQUISTA DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Benfica vence Porto

Começámos mal, muito mal, a fase final do campeonato de Andebol. Depois de acabar a fase regular em segundo, logo atrás do Porto, e com habituais aspirações a voltar a conquistar o título, o Benfica perdeu os três primeiros jogos com Madeira SAD e Sporting em casa e Belenenses em Belém. Já aqui escrevi sobre o jogo com o Madeira SAD e a forma desavergonhada como os árbitros foram à Luz garantir que o Benfica não ganhava esse jogo. Este aspecto manteve-se nas duas jornadas que se seguiram e o Benfica viu-se impedido de contar com Carlos Carneiro e Rui Silva para o jogo contra o Porto desta semana por suspensão, ainda assim, e apesar de não lhes termos ganho nenhum dos dois jogos este ano, os jogadores encarnados sentiram a camisola que envergaram e deram uma banhada àqueles que pensavam que vinham passear à Luz. O Benfica venceu por 21-20 e voltou a acender a chama de esperança de voltar a ser campeão nacional. Não será fácil, teremos que vencer os seis jogos que faltam para terminar o campeonato, mas impossível é que não é de certeza absoluta e nem sequer seria nada que espantasse o mundo. Força Benfica, vamos em frente ganhar já o próximo jogo em Braga contra o ABC no próximo sábado à 17h.

Classificação da Fase Final
1º - 39 pontos – Porto
2º - 35 pontos – Belenenses
3º - 35 pontos – Madeira SAD
4º - 34 pontos – ABC
5º - 33 pontos – Sporting
6º - 33 pontos – Benfica

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Basquetebol vencedor da Fase Regular

Tal como na época anterior, vencemos a fase regular do campeonato com tranquilidade. No ano anterior só com vitórias, este ano com duas derrotas, no Porto e em Ovar, mas quando o primeiro lugar estava já praticamente conseguido. A equipa de Henrique Vieira continua a passear a sua superioridade, no entanto, tal como no ano passado, tornámos a ser eliminados na Final 8 da Taça de Portugal por quem acabou por vencer o troféu.
Seth Doliboa, um extremo poste americano que se revelou o melhor jogador da liga portuguesa, deixou o Benfica rumo ao campeonato alemão no início desta época e só em Janeiro, com a chegada de Heshimu Evans, o Benfica repôs a qualidade e vai continuar a dominar os pavilhões portugueses rumo a mais um título de campeão.


Classificação da Fase Regular
1º Benfica 42 pontos
2º Ovarense 39 pontos
3º Porto 38 pontos
4º Guimarães 34 pontos

Alinhamento do Play-Off
Benfica - Vagos
Ovarense - CAB
Porto - Académica
Guimarães - Illiabum

Supertaça Portugal-Angola

No início deste mês de Abril o Benfica foi a Angola conquistar a Supertaça. Esta nova competição foi disputada pelos campeões e vencedores das Taças de Portugal e de Angola em formato de todos contra todos. O Benfica chegou, jogou e venceu todos os jogos a começar pela Ovarense, seguida do Petro Luanda e acabando no jogo do título com o 1º de Agosto. Um importante troféu internacional para mostrar no futuro Museu do Benfica

quarta-feira, 28 de abril de 2010

terça-feira, 27 de abril de 2010

Liga Sagres – 28ª Jornada

Um ponto é o que falta para consagrar a melhor equipa do campeonato como campeã nacional. Mas o Benfica não é só a melhor equipa do campeonato, é também o melhor ataque, a melhor defesa, a equipa que pratica o futebol mais atractivo (de longe!) e uma das mais goleadores da história do Benfica e de Portugal.
Este sábado calhou ao Olhanense o papel de figurante no espectáculo da catedral. Cinco foram os golos e clara foi a vitória desta vez com um atractivo extra, DiMaria abriu o livro totalmente e fez dos defesas algarvios bonecos de olhos trocados! Mais uma exibição indescritível deste génio que dificilmente continuará a maravilhar o público português na próxima temporada, por muita infelicidade que isso nos possa trazer.
No próximo domingo, 2 de Maio, pelas 20h15, vamos apoiar o Benfica e festejar o título no campo do Porto... com eles a olhar para nós!


Highlights - Click here for another funny movie.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Campeões Europeus de Futsal

Um título inédito para Portugal, o Benfica abriu caminho na complicada UEFA Futsal Cup e venceu a prova deste ano derrotando na final a besta negra que já tantas vezes nos tinha eliminado, o Interviú Madrid. Por tudo o que possa acontecer daqui em diante, esta já ninguém nos tira, somos campeões europeus.
Esta final four, que o Benfica organizou no pavilhão Atlântico e a que eu tive a felicidade de assistir, começou com a vitória sobre os italianos do Luparense por 8-4. Um jogo em que os artistas do Benfica abriram o livro na segunda parte e deram espectáculo com Ricardinho em destaque. A final foi um jogo diferente. Os experientes (para não dizer velhos) e pesados jogadores espanhóis estão muito habituados a estas andanças e dificultaram muito o sonho benfiquista mas, como diz a canção, o destino é o de vencer e a taça foi levantada pelo “grande” Pedro Costa. Davi, que marcou o golo da vitória no prolongamento, foi considerado o melhor jogador em campo e Joel Queirós foi o melhor marcador com 12 golos.

Meia-Final
SL Benfica 8 – 4 Luparense C/5
Interviú Madrid 5 – 2 Araz Naxçivan

Final
Interviú Madrid 2 – 3 SL Benfica (após prolong)

Histórico de finais da Uefa Futsal Cup
2001/02 Playas de Castellón (Esp) 5 - 1 Action 21 Charleroi (Bel)
2002/03 Playas de Castellón (Esp) 7 - 5 Action 21 Charleroi (Bel)
2003/04 Boomerang Interviú (Esp) 7 - 5 SL Benfica (Por)
2004/05 Action 21 Charleroi (Bel) 10 - 9 Dinamo Moskva (Rus)
2005/06 Boomerang Interviú (Esp) 9 - 7 Dinamo Moskva (Rus)
2006/07 Dinamo Moskva (Rus) 2 - 1 Boomerang Interviú (Esp)
2007/08 Ekateringburg (Rus) 7 - 6 El Pozo Murcia (Esp) (após pen)
2008/09 Boomerang Interviú (Esp) 5 - 1 Ekateringburg (Rus)
2009/10 SL Benfica (Por) 3 - 2 Interviú Madrid (Esp)



quarta-feira, 21 de abril de 2010

terça-feira, 20 de abril de 2010

Hóquei em Patins à conquista da Europa

A equipa de Luís Sénica conseguiu, este fim-de-semana, a passagem à Final Four da Taça CERS. Lembro que esta é a única competição europeia que o Benfica tem no seu palmarés, conquistada em 1991, e que pretende tornar a ganhar este ano tendo para isso se candidatado à organização da competição.
Eliminámos o Vilanova, equipa sensação do campeonato espanhol, neste momento classificada na 5ª posição, ganhando inicialmente em Espanha por 3-2 e empatando agora na Luz a 3 golos. Apesar do resultado equilibrado, a passagem na eliminatória é justa uma vez que a nossa equipa mostrou mais qualidade dos que os espanhóis.
Agora, para a Final Four, o Benfica aguarda mais três equipas espanholas. Para começar, no jogo de acesso à final, o Sather Blanes HC (7º classificado em Espanha) é o primeiro adversário. Na outra meia-final encontram-se HC Coinasa Liceo (líder do campeonato espanhol) e Proinosa Igualada HC (10º classificado em Espanha), dois históricos com muitas conquistas espanholas e europeias. Não se afigura, por isso, uma disputa fácil para o Benfica mas temos que acreditar que há qualidade na Luz para mais uma conquista europeia. Vamos apoiar o Benfica nos dias 15 e 16 de Maio.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Liga Sagres - 27ª Jornada

Mais uma profecia que não se concretiza, mais uma vitória para o Benfica no campeonato. Íamos perder a Coimbra porque é lá que mora o treinador da moda! Afinal ganhámos, convencemos e nem precisámos da equipa toda, Martins e Ramires no banco e Saviola ainda no estaleiro. À medida que a época avança para o fim, mais jogadores mostram o nível elevado e equilibrado do plantel. Coentrão, Amorim e Martins já convenceram, Airton, Kardec, Éder Luís e Júlio César também já se mostraram a bom nível, agora é a vez de Weldon e Sidnei mostrarem que têm qualidade, e que qualidade! Nos últimos três jogos, Weldon jogou em dois e marcou quatro golos. Já leva 5 golos e é o 5º melhor marcador em média de golos por jogo com 1 golo marcado em cada 2 jogos.
Quanto ao jogo de Coimbra propriamente dito, mais uma vitória clara. Um golo ajeitando a bola com a mão e muita complacência do nosso Quim impediram que o estiloso André Villas-Boas tornasse a encher o pipo como na primeira volta do campeonato.
No próximo Sábado teremos a nossa desforra dos arruaceiros de Olhão e depois é esperar pela consagração em pleno Porto. É isso mesmo, marquem nas vossas agenda, Domingo, 2 de Maio, é dia de título... já cheira!

Campeonato e Taça de Voleibol

Sortes diferentes para o Benfica nas duas principais competições nacionais de Voleibol. Como tinha dito antes, atingimos as duas finais destas competições e a primeira a ser disputada foi a Taça de Portugal contra o Castêlo da Maia. O jogo não começou nada bem, o primeiro set iniciou-se com uma vantagem para o Castêlo que chegou a 5 pontos mas ao longo do set o Benfica foi conseguindo equilibrar e chegou a liderar o marcador. Acabou por perder o set por 24-26. No segundo set a história mudou, o Benfica liderou quase sempre e ganhou o set por 25-21. No set seguinte o equilibrio manteve-se até meio quando os maiatos conseguirem uma vantagem que mantiveram até ao fim. Perdemos este set por 19-25. O quarto set seria então decisvo para o Benfica se manter no jogo, os jogadores perceberam isso, rapidamente lideraram o marcador e chegaram a ter uma vantagem de 6 pontos a meio do set (16-10) mas aí tudo começou a correr mal. O Castêlo conseguiu um parcial de 3-11 chegando aos 19-21. Daí até ao fim controlou a diferença, acabou por ganhar por 23-25 e ganhar assim o jogo e a Taça.

O Benfica continua a ser o clube com mais Taças de Portugal no palmarés, tem 12, logo seguido do Sp. de Espinho, com 11. O Castêlo da Maia, com esta vitória, passou a ser o terceiro clube com mais taças empatando com o Porto que já tinhas 6 conquistadas.

No que respeita à final do campeonato, vi, este sábado, o Benfica ganhar o segundo jogo e ficar a apenas uma vitória de voltar a ser campeão nacional. O Sp. de Espinho, actual campeão, tem uma fortíssima equipa e era, à partida para esta final, favorito a ganhar, até porque tinha conseguido ser primeiro classificado na época regular, mas isso não intimidou os comandado de José Jardim que foram a Espinho ganhar o primeiro jogo da final por 3-2. Após ganhar os dois primeiros sets por 26-24, o Benfica viu o Espinho empatar o jogo mas na negra fomos mais fortes de início ao fim e sempre a liderar acabámos por ganar por 15-9.

No segundo jogo o Benfica começou muito mal, perdeu os dois primeiros sets por 22-25 e 18-25 e o terceiro set parecia ir pelo mesmo caminho mas recuperámos e vencemos por 26-24. No quarto set chegámos a estar a perder por 12-6 e 14-9 quando os serviços de Reidel Toiran e os blocos de Fábio Jardel deram a volta à forma de jogar da nossa equipa e o set ficou em casa por 25-22. A garra e a maior disponibilidade física dos nossos jogadores deram nova vitória na negra, desta feita por 15-13.

Agora falta apenas uma vitória para tornarmos a ser campeões nacionais. Em Espinho, no próximo sábado, 24 de Abril, o Benfica vai tentar o conquistar o quarto título do seu palmarés. Vamos apoiar o Benfica.

domingo, 18 de abril de 2010

Liga Sagres - 26ª Jornada

A cada jogo que faz para a Liga Sagres este ano o Benfica ganha um ponto ao Sporting, esta é a média! À 26ª jornada são já 26 os pontos de atraso do Sporting para o futuro campeão. Diferença despropositada? Não. Exagerada? Também não. Incomum? Talvez. Merecida? Sem dúvida. E nada melhor que ver o jogo com olhos sãos para se perceber a diferença abissal entre as duas equipas. Nem com os 45 minutos que o nosso Jesus deu de avanço conseguiram chegar ao intervalo a ganhar!

A primeira parte foi um pouco atípica, não conseguimos sair do nosso meio campo com a bola controlada e em boas condições de ataque. Quase só com bolas saídas da defesa directamente para o ataque é que o Benfica ia mais à frente. O cansaço de Javi Garcia e Ramires notou-se e Carlos Martins e Di Maria não conseguiram sozinhos fazer frente aos 5 elementos sportinguistas do meio campo. Com a saída de Éder Luís e a entrada de Pablo Aimar ao intervalo tudo mudou. Jogámos à Benfica e o domínio foi avassalador na segunda parte. Oscar Cardozo, coxo (!), abriu o marcador e saltou para a liderança dos melhores marcadores da Liga com 21 golos. Aimar acabou com a disputa. Mais uma vitória clara e justa agora só com 45 minutos de exibição.

Quanto à tão falada arbitragem do senhor João Ferreira só tenho a dizer que os dois penaltis não marcados a favor do Benfica e as duas expulsões perdoadas a jogadores do Sporting por agressão deviam chegar para equilibrar o jogo mas como para ganhar ao Benfica é preciso muito mais do que isso, jogadores, treinador e dirigente adversários ficaram indignados!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

quarta-feira, 14 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Liga Sagres - 25ª Jornada

Em vésperas do derby lisboeta, trago-vos imagens da remontada benfiquista na Figueira da Foz no passado dia 5 de Abril. Aos 11 minutos já meio país (menos de meio!!!) esfregava as mãos com os 2 golos navalistas mas a profecia tarda em se concretizar, o Benfica continua a ganhar e convencer cá dentro do nosso pequeno Portugal. Uma exibição fantástica de DiMaria e restantes jogadores de campo foi suficiente para dar a volta ao marcador ainda na primeira parte e a segunda só trouxe mais um golo para o Benfica quando o resultado poderia ter sido muito mais desnivelado.



Mais uma vez o Benfica jogou mais, muito mais, mesmo fazendo alinhar jogadores como Weldon, que pouco tem sido utilizado esta época, ganhámos sem espinhas, nem mesmo as espinhas introduzidas por Elmano Santos foram suficientes para equilibrar o jogo. Com esta classe e qualidade vamos caminhar descansados até à vitória no campeonato e não vão ser os lagartinhos que nos vão parar, por muita vontade que tenham!

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Benfica abandona a Europa

Ontem perdemos. Não é uma desgraça, não vamos deixar de ser campeões por isso mas a ilusão de ganhar uma taça europeia foi-se, pelo menos este ano. Perdemos aos pés dum colosso europeu com um palmarés riquíssimo e que nos últimos anos venceu uma Liga dos Campeões, uma Taça UEFA e duas Supertaças Europeias mas o palmarés não se fez sentir em campo! Em campo, o Benfica foi melhor. Foi muito melhor na Luz, vulgarizou esse grande clube inglês e pecou na finalização. Com tantas ocasiões claras de golo é um crime não ganhar o jogo por uma diferença de quatro ou mais golos. Em Anfield Road encostámos os ingleses às cordas desde o primeiro minuto e durante toda a primeira parte e um bom bocado da segunda. Um golo marcado com o cunho do árbitro, ou de alguém que lhe terá dito que era para validar (!), e depois três golos em contra ataque venceram o Benfica mas há que homenagear a equipa e o treinador, o Benfica dominou a posse de bola, o meio campo e o jogo, perdeu na finalização (nomeadamente na primeira mão) onde o Liverpool é mais forte. Os ingleses fizeram neste segundo jogo o que o Benfica não conseguiu fazer no primeiro a jogar claramente muito mais!



O futebol é mesmo assim, às vezes a melhor equipa em campo perde mas aqueles que pensam que por isto o Benfica vai cair a pique fica o aviso, não aconteceu em nenhuma ocasião este ano e também não vai acontecer agora. Lagartagem, alerta encarnado, alguém terá que pagar!

domingo, 4 de abril de 2010

sábado, 3 de abril de 2010

Benfica vence Liverpool

Foi uma noite de emoções dúbias na Luz na última quinta-feira europeia. Por um lado jogámos futebol de encher o olho, reduzimos o Liverpool a uma equipa banal com uma avalanche ofensiva e inúmeras oportunidades claras de golo, por outro lado desperdiçámos como não se pode fazer se se quer ganhar um troféu europeu!

O Liverpool, com duas oportunidades na 1ª parte, converteu em golo o primeiro remate que fez à baliza e depois, a jogar com menos um, pouco ou nada fez até ao fim do jogo. O Benfica, após uns primeiros quinze minutos irregulares, arrancou para uma exibição magnífica. Tudo esteve quase perfeito à excepção da finalização. Na primeira parte, Cardozo (2 vezes), Aimar, Ramires e Javi Garcia falharam oportunidades de baliza aberta. DiMaria experimentou três remates perigosos sem sucesso. Na segunda parte Cardozo falhou mais dois antes de converter dois penaltis que dariam a vitória do Benfica. Podia ter tentado mais um mas o árbitro não assinalou uma falta sobre ele na grande área inglesa.

Poderíamos agora estar descansados com a eliminatória decidida, ao invés vamos a Liverpool discutir o jogo com uma das mais poderosas equipas europeias. Talvez seja melhor assim, talvez venha aí mais uma noite de glória europeia para o Benfica que este ano só pára quando levantar o caneco.
Às 20h05 da próxima quinta-feira vamos apoiar o Benfica.




quinta-feira, 1 de abril de 2010

Andebol começa mal Fase Final

Campeonato Nacional

Apesar da irregularidade das exibições este ano, o Benfica conseguiu chegar ao fim da fase regular em 2º lugar. Noutros anos, com play-off, seria mais vantajoso, este ano, com fase final em formato de todos contra todos e metade dos pontos, ainda temos que recuperar 5 pontos em 10 jogos para virmos a ser novamente campeões.

Este fim-de-semana teve lugar a 1º jornada da fase final e seria importante para o Benfica ganhar e pressionar o Porto que vinha a Lisboa jogar com o Belenenses. Perdemos por um golo com o Madeira SAD mas a história do jogo ficou entregue à dupla de arbitragem que foi ao pavilhão da Luz impedir que o Benfica abrisse a fase final com uma vitória. Impedir é o termo correcto tal foi o roubo que presenciámos! Estive no pavilhão e nem queria acreditar no que estava a ver. Como habitual, jogo passivo é algo que as equipas que jogam com o Benfica não fazem (!) e as faltas para livre de 7 metros foram quase exclusivas de jogadores encarnados (!) enquanto do outro lado podia-se defender dentro da área que o critério era outro (!), isto para não falar dos critérios disciplinares, anedóticos! Já sabemos que o Andebol padece de regras muito subjectivas que dão poder demasiado discricionário ao árbitros mas o que se passa no campeonato português é puro roubo. Não conseguimos fazer um jogo limpo! Temos sempre que enfrentar os nossos adversários bem como as complicações que nos são colocadas pelos árbitros e agora que chegámos à fase final já foi dado o sinal que este campeonato não é para nós, por muito que sejamos os melhores dentro do campo.

Classificação da Fase Regular:
1º - 61 pontos – Porto
2º - 54 pontos – Benfica
3º - 53 pontos – Madeira SAD
4º - 52 pontos – ABC
5º - 50 pontos – Sporting
6º - 49 pontos – Belenenses

Classificação da Fase Final:
1º - 31 pontos – Porto
2º - 27 pontos – Benfica
3º - 27 pontos – Madeira SAD
4º - 26 pontos – ABC
5º - 25 pontos – Sporting
6º - 25 pontos – Belenenses

Com o Benfica 24-25 Madeira SAD e o Belenenses 29-23 Porto da 1º jornada vem:
1º - 32 pontos – Porto
2º - 30 pontos – Madeira SAD
3º - 28 pontos – Benfica
4º - 28 pontos – Belenenses
5º - 26 pontos – ABC
6º - 25 pontos – Sporting

Competições Europeias – Taça EHF

O Benfica participou este ano na Taça EHF e chegou aos quartos de final sempre com prestações muito bem conseguidas mas o sorteio não foi de feição e ditou que teríamos que enfrentar uma poderosa equipa alemã. O campeonato alemão é o mais forte do mundo e ao Benfica tocou uma das equipas mais fortes com internacionais alemães e de outras nacionalidades importantes do mundo andebolístico. O TBV Lemgo foi já campeão da Alemanha em 2003 e ganhou a Taça EHF em 2006. Apesar de tudo isto o Benfica espantou o mundo ao obter a sua primeira vitória em terras alemãs, 27-30 foi o resultado da 1ª mão, mas a 2ª mão foi bem diferente. Na Luz pude ver a diferença que existe entre as duas equipas! Apesar dum jogo mal conseguido pelo Benfica, 18-31 é um resultado muito expressivo e marca bem a qualidade do nosso adversário. Foi uma excelente oportunidade para ver jogadores como Martin Galia, Michael Kraus, Holger Glandorf e o espectacular Florian Kehrmann em acção e conseguir uns autógrafos! O Benfica tem que manter o nível elevado em Portugal para continuar a participar nas competições e chegar longe para defrontar adversários com grande qualidade e assim ganhar experiência e valor.