NÚCLEO BENFIQUISTA DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Rescaldo da época em Futsal

A lembrar o Voleibol, também o Futsal perdeu as finais do Campeonato e da Taça de Portugal. A magnífica equipa de Futsal do Benfica fez uma época memorável, não podemos esquecer que somos os actuais campeões europeus. A vitória na UEFA Futsal Cup representa a glória que o Benfica conseguiu finalmente atingir após anos de luta. Não só abrilhanta o nosso Futsal como também a época das modalidades de pavilhão do Benfica. É uma conquista única e fabulosa que enche de orgulho todos os benfiquistas. No entanto, o desgaste provocado pela competitividade desta Taça deixou marcas e acabámos por perder a final da Taça de Portugal ante o Belenenses sem conseguirmos fazer um jogo bem conseguido. É verdade que o golo da vitória aparece nos últimos segundos mas, por tudo o que o Belenenses tem feito nos últimos anos e pelo que jogou na final, a Taça ficou bem entregue e resta ao Benfica preparar a investida da próxima época com um plantel capaz de estar em grande forma em todas as frentes.

Histórico da Taça de Portugal
Benfica - 4
FJ Antunes - 2
Sporting - 2
Instituto D João V - 1
Belenenses - 1
Miramar - 1
Correio da Manhã - 1

Campeonato Nacional
 
Como já tinha anunciado, o Benfica disputou a final do play-off com o Sporting. Nos dois primeiros jogos em Loures o Benfica mostrou que a vantagem que o Sporting tinha por ter conseguido ganhar a fase regular não era inultrapassável. No primeiro jogo, com algum desnorte na primeira parte, acabámos por não dar muita luta. O Sporting ganhou bem por 4-3 mas ficou no ar a sensação que se o jogo tivesse mais uns minutos o desfecho seria outro. No segundo jogo veio ao de cima a maior qualidade individual e colectiva da nossa equipa. A superioridade dos comandados de André Lima foi clara e o resultado do primeiro jogo foi devolvido com toda a classe e justiça, o resultado só pecou por escasso.
Nos jogos da Luz tudo mudou, tudo mesmo. No terceiro jogo as equipas exibiram-se em grande nível e o espectáculo foi digno de ser apreciado, pena é que a arbitragem não fosse digna do mesmo. O Benfica começou forte e no fim do jogo ganhava por 3-1. O Sporting reduziu e a menos de dois minutos do apito final empatou e levou o jogo para prolongamento. Até aqui a dualidade de critérios, nomeadamente, nas faltas tinha sido óbvia mas foi no prolongamento que foram mais descarados. O Benfica colocou-se em vantagem com um golo de Costinha e o empate surge num livre directo assinalado mesmo a jeito do necessário. Logo de seguida o guarda-redes sportinguista abalroa Joel Queirós na área mas aí já não interessava marcar. O Benfica acabou por perder no penáltis.
No quarto jogo o Benfica não só dominou como humilhou e enxovalhou o Sporting. Como é possível quererem disputar uma final com o Benfica e apresentarem-se daquela forma. Pareciam iniciados deslumbrados com o poderio dos campeões! O Benfica rapidamente se colocou em vantagem mas mercê de erros não forçados nossos lá empataram o jogo a dois golos. Mais uma vez recuperámos a vantagem e dando espectáculo. Falhámos imensas ocasiões de golo só com o guarda-redes pela frente, chegava a dar pena daquele pobre coitado que tantas vezes levava com a bola. O que é certo é que a pouco tempo de acabar o jogo conseguiram novamente empatar e no prolongamento entrou em campo o factor extra. Numa arbitragem idêntica à do jogo anterior, portanto vergonhosa e sem carácter, Ricardinho é expulso sem razão aparente e com a o Benfica a jogar com menos um o Sporting passa para a frente e acabou mais tarde por ainda marcar outro golo quando já estávamos a jogar mais com o coração do que com a cabeça. Nem que fizessem mais cem jogos desta forma o Sporting conseguiria ganhar ao Benfica. Duvido até que na maioria deles não fosse presenteado com um cabaz. Só mesmo assim, com muita sorte e muito factor arbitral, é que conseguem roubar-nos o título. O Benfica provou em campo a sua superioridade e no próximo ano ninguém nos parará.

Histórico do Campeonato Nacional
Benfica - 5
Sporting - 3
Freixieiro - 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário