NÚCLEO BENFIQUISTA DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Rescaldo da época em Andebol

Péssima época? Só se levarmos em linha de conta as expectativas criada. Nos últimos dois anos marcámos presença nas duas finais do campeonato, ganhando uma e perdendo outra com os mestres da arbitragem, Porto, e ainda ganhámos uma Taça da Liga. Normal seria esperar que o Benfica lutasse ferozmente pelo título deste ano, ainda para mais depois dos reforços Ricardo Tavares, melhor extremo direito português, Ricardo Candeias, guarda-redes de selecção, e Bozidar Nadoveza, primeira linha capaz de substituir Zaikin. Mas para ganhar o campeonato o melhor reforço seria o da influência sobre a arbitragem, influência essa que mora, quase em exclusivo, na cidade do Porto e que, mais do que qualquer outro, penaliza fortemente o Benfica. A responsabilidade da época abaixo do previsto não recai em exclusivo sobre a arbitragem mas depois de ter visto o primeiro jogo da fase final contra o Madeira SAD, era óbvio para todos que uma posição tinha sido marcada, o Benfica não podia ser campeão!

Além das questões da corrupção arbitral, o Benfica devia ter praticado um andebol mais atractivo e competitivo. A falta de treinador no início da época, os problemas com lesões de alguns jogadores ao longo do ano e a baixa forma física de jogadores que já deram muito ao Benfica mas que agora parecem não estar motivados são três razões que podem explicar o sucedido mas cabe agora aos dirigentes e técnicos analisarem a situação e prepararem melhor a próxima época. O Benfica tem um excelente conjunto de jogadores e não pode tornar a perder um ano sem dar luta pela conquista do título.
A saída do extremo esquerdo Luís Nunes parece confirmada. Com isto o Benfica precisa de se reforçar nesta posição e manter o restante grupo para voltar a ser campeão nacional.


Classificação Final
1º - 57 pontos - Porto
2º - 46 pontos - Madeira SAD
3º - 45 pontos - Benfica
4º - 45 pontos - ABC
5º - 44 pontos - Belenenses
6º - 44 pontos - Sporting

Nenhum comentário:

Postar um comentário